Política de Importação

A importação dos nossos produtos são de responsabilidade dos fornecedores internacionais.

Nós realizamos apenas a intermediação da venda entre os fornecedores internacionais e os consumidores finais.

Selecionamos sempre os produtos e os fornecedores mais confiáveis, buscando a garantia de uma compra satisfatória para os nossos clientes.

Disponibilizamos somente produtos originais.

Em relação a tributação do seu produto, a boa notícia é que existe um risco mínimo dele ser tributado, pois existem poucos fiscais em comparação com a quantidade de mercadorias importadas, portanto nem todos os produtos são inspecionados, somente uma pequena minoria, uma minúscula amostragem.

Caso o produto comprado em nosso site seja tributado, a responsabilidade de pagamento pelo tributo será do cliente.

Em regra, pela lei brasileira, toda e qualquer compra no exterior deve ser tributada considerando os aspectos do impostos de importação, porém existem enquadramentos que fazem alguns itens serem isentos dessa tributação.

No início de agosto de 2019, o Ministério da Economia, zerou a alíquota de cobrança do imposto de importação de 281 bens de capital e informática.

Destes 281 bens de consumo e capital que foram liberados das alíquotas de importação, abaixo listamos algumas que foram contempladas na publicação do Diário Oficial da União, Portaria nº 510.  

E baseado no Decreto-Lei 1.804 de 1980, compras de até 100 dólares não podem ser taxadas. Nesse caso a isenção se aplica mesmo que o remetente seja pessoa jurídica, portanto, é possível realizar estas compras por meio de um CNPJ.

O  Decreto-Lei Nº 1.804, aborda que:  

“Dispor sobre a isenção do imposto de importação dos bens contidos em remessas de valor até cem dólares norte-americanos, ou o equivalente em outras moedas, quando destinados a pessoas físicas.”

Nestes casos de compras de 100 dólares, independente da caixa, modelos e quantidades, a sua compra não pode ser taxada.